Indicação de Filme: Mommy (Canadá — 2014)

Nessa sessão irei indicar filmes que não fazem parte do circuito de distribuição dos cinemas ou que passam apenas em alguns cinemas. Filmes premiados em festivais, de revelações ou apenas com algo a passar, que merecem ser vistos. Nessas indicações passarei algumas informações sobre o filme e opiniões próprias. Não farei uma "resenha" completa do filme para deixar espaço para cada um tirar suas próprias conclusões.

Filme: Mommy
Diretor: Xavier Dolan
Elenco Principal: Anne Dorval (Diane [Die] Després) - Antoine-Olivier Pilon (Steve O'Connor Després) - Suzanne Clément (Kyla)

Sinopse:

Uma viúva encontra-se sobrecarregada com a custódia em tempo integral de seu explosivo filho de 15 anos de idade que sofre de déficit de atenção. Enquanto tentam sobreviver, a nova garota do outro lado da rua, Kyla, benevolentemente oferece o apoio necessário. Juntos, eles descobrem um novo sentido de equilíbrio e a esperança pode ser recuperada.

Mommy é um filme de Xavier Dolan (direção e roteiro), premiado com a Palma do Júri no Festival de Cannes  2014, além de outros 26 prêmios e 42 indicações.

Diane Després, ou apenas Die, é uma pessoa forte, de personalidade, mas principalmente uma mãe. Seu filho Steve é um jovem com distúrbios de comportamento que começou a ter crises de violência depois da morte do pai.
No começo do filme já somos apresentados a alguns questionamentos como 
 "...o pior a se fazer com alguém doente, é acreditar que se é ou que ele é, invencível."
Mas será que apenas o amor e a paciência de uma mãe podem salvar uma pessoa? No caso, seu filho???

Kyla, vizinha de Die, também tem seus problemas, afinal todos temos. Mas tentando esquecê-los acaba ajudando Die com Steve. E, como ajudar aos outros quando você mais precisa é um remédio, isso acaba por salva-la.

Uma coisa que pode incomodar é a forma como Xavier Dolan usou para passar a imagem do filme. Em um quadrado. Para literalmente retratar a vida. Esse incomodo ficará ate a imagem mudar de ângulo e você perceber que a vida nem sempre é a mesma. Existem momentos curtos que valem a pena ser vividos.

Ao final outro questionamento:
"O mundo é um lugar onde não há muita esperança...Mas eu adoro pensar que ele está cheio de pessoas cheias de esperança."
O mundo pode ser algo sem esperança com pessoas com esperança, mas não há esperança para algumas pessoas desse mundo.

Ninguém pode julgar Die e suas ações. Afinal, como ela mesma diz, cada um tem seus problemas e geri eles da sua maneira.

Outra coisa importante para um filme é a trilha sonora. E nesse, é escolhida a musica perfeita para cada momento.

Espero que embarquem na minha indicação. Até a próxima.


6 comentários

  1. Oi Jessy, adorei sua dica, com certeza irei procurá-lo para assistir ! :D

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou. Se tiver alguma dificuldade em acha-lo na internet é só me procurar no Face que te ajudo ^^

      Excluir
  2. Ahh, eu embarco com certeza, é o tipo de filme que me prende, irei procurá-lo com certeza!!!

    Beijo, Vanessa Meiser
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/pages/Balaio-de-Livros/784871551588381?ref=bookmarks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza não irá se arrepender kkk

      Abraços

      Excluir
  3. Oi Jessy, tudo bem?
    Wow, esse filme parece ser muito bom, e essas quotes realmente são marcantes. Quando tiver um tempo vou ver esse filme e volto aqui para opinar sobre.
    Gostei da indicação, abraços e até mais!

    Juliano,
    www.diariodeumledor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que goste e fico no aguardo do seu feedback.

      Abraços

      Excluir

Topo